Arquivo mensal: agosto 2013

De prima pra prima!

Padrão

Oiiiiiiiiiiiiiiii meninasssssss!!!!! rsrsrsr ( olha a euforia da garota) rsrsrs mas é que já tem um tempin que não posto nada aqui …já estava com sardads! rsrsrrs Desculpem o sumiçoooo…. ( muito muito trabalho) (make) GRAÇAS A DEUS!!!!! 🙂

Bom esse post é pra mostrar o vídeo que eu e minha prima e parceira Michelle Campos …fizemos para um quadro novo que vai entrar aqui no blog,no face e no youtóba!!! rsrsrsr

Esse quadro vai se chamar ( De prima pra prima) como a Mi é produtora de moda e eu maquiadora …juntamos tudo e vamos fazer um bem boladoooo…. toda vez que tiver um vídeo com as 2 será do quadro (de prima pra prima) o primeiro já foi gravadooooo….e tchãnãnãnããããã….rsrsrs FICOU MUITO LEGAL!!!! Logo menos vamos subir…mas por enquanto vcs podem conferir a vinheta que tbm ficou super fofa!!!!!

E tem mais….. dentro desse quadro …. vamos fazer algo muito bakana que envolva vcs!!!!!! AGUARDEM!!!!!!

Um suuuper beijooooo   :*

❤ Lu!

Anúncios

Série Clássicos: Jeans

Padrão

Olá Leitoras do Luana Make Up, mais um post pra vcs, espero q gostem. Bjs

Michelle Campos

Jeans1

Olá meninas,

Hoje vou falar de mais um clássico, o Jeans.

Vou contar um pouco da história, vou comentar 3 tendências atuais e como sempre algumas fotinhas para que vocês possam se inspirar.

Dei uma pesquisadinha aqui na minha enciclopédia da moda e encontrei essa definição: Levi Strauss nascido na Baviera chegou a São Francisco, Califórnia, durante a febre do ouro na década de 1850. Suas primeiras calças de trabalho para mineiros foram cortadas de lona marrom de barraca, mas anos depois, começou a usar brim, tecido francês que tingiu de azul usando índigo. Em 1872, Strauss registrou a patente de sua vestimenta. Jacob Davis, um alfaiate de Carson City, Nevada, associou-se a Strauss em 1873 para patentear as calças que possuíam rebites de cobre nos pontos de maior tensão. Strauss morreu em 1902, mas a empresa continua sendo administrada pela família. Nos Estados Unidos, a palavra “ Levi’s “…

Ver o post original 772 mais palavras